previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Shadow
Slider

Dicas Sobre Cerca Elétrica

Então vamos começa explicando um pouco sobre a instalação da cerca e suas peculiaridades. Para instalar uma cerca elétrica residencial tem o seguinte procedimento para dicas sobre cerca elétrica;

  • A central de choque da cerca deve possuir certificação do Inmetro.
  • Verifique se não tem vegetação próxima de onde será instalada a cerca e procure manter uma distância adequada da mesma.
  • Observe a distância mínima de 04 cm entre os cabos de alta isolação e procure não passá-los junto com outros cabos.
  • Coloque uma placa de aviso, a chamada placa de advertência para sinalizar a presença da cerca elétrica.
  • A instalação da cerca deve ser perpendicular ou então voltada para o interior da residência/empresa e sem vergar.

Vale lembrar que esse serviço de instalação deve ser feito por um profissional ou uma empresa habilitada e qualificada dentro dos padrões e normas do segmento.

  •  TÜV/INMETRO (normas IEC 60335-1/91 MOD e IEC 60335-2-76/97 +AMD. 1).
  •  ABNT (norma NBR IEC 60335-2-76  [CE-03:059.23] ).
Dicas de Instalação Cerca Elétrica

As normas IEC somente poderão ser substituídas quando existirem normas técnicas nacionais equivalentes, ou seja, as normas de um determinado país prevalecem sobre as normas IEC, somente em seu território.

Legislação

Entram em vigor novas regras para a instalação e a manutenção das cercas eletrificadas em zonas urbanas e rurais. A lei, sancionada recentemente pelo presidente Michel Temer (13477/2017), tem origem em projeto discutido e votado pela Câmara e o Senado.

Pelo texto, em área urbana, é preciso prestar atenção na altura mínima do fio mais baixo, para evitar acidentes com moradores e pedestres. A intensidade da corrente elétrica da cerca, chamada tecnicamente de amperagem, deve seguir os parâmetros da Associação Brasileira de Normas Técnicas, a ABNT, como explica o deputado Roberto Britto, do PP da Bahia, que foi o relator do projeto na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara.

“Ela tem que ter uma amperagem mais baixa, que dê um choque na pessoa e jogue a pessoa fora. Ele não pode ser a corrente normal de energia onde a pessoa tem o choque e fica presa ali. Então ela tem que ser pulsativa e corrente contínua.”

Pelas normas da ABNT incorporadas à nova legislação, as cercas elétricas não podem ser instaladas a menos de três metros de um depósito de Gás Liquefeito de Petróleo, o GLP, porque uma fagulha pode causar explosão. A lei também obriga a colocação de placas, com frases e símbolos, avisando da possibilidade de um choque elétrico. Para o deputado Major Olímpio, do Solidariedade de São Paulo, viver com este tipo de equipamento de segurança não é o ideal. “Infelizmente é a necessidade. É o desespero da população brasileira. E aí cabe ao Legislativo sim regular minimamente quais são os parâmetros em que isso possa ser efetivo e os parâmetros que impeçam que estes equipamentos possam lesar pessoas inocentes, ferir ou até mesmo provocar um dano à saúde ou até a própria morte.”

WhatsApp chat
Facebook
YouTube
Instagram
%d blogueiros gostam disto: